Feeds:
Posts
Comentários

Todo mundo tá careca de saber que a Urban Decay lançou uma incrível paleta 3D inspirada no universo de Alice in Wonderland, e o que mais se comenta por aí são os makes maravilhoso dos personagens do filme.

Agora, se você tem a paleta (item de colecionador, pois não se acha em mais lugar nenhum!) e não sabe como usá-la, a Urban Decay fez filminhos com makes usáveis no dia a dia inspirados em Alice, a Lagarta, a Rainha Vermelha… O legal é que eles dão uma listinha de produtos “avulsos” da marca para você conseguir o mesmo efeito sem a tal paleta bapho.

Os vídeos não estão habilitados para serem reproduzidos, mas você pode assiti-los nesse link aqui.

Amei!

Anúncios

Esse make é mega fácil, usa pouquíssimas coisas e o efeito fica lindo e baphônico. Costumo usar quando vou viajar e não dá pra ficar levando 800 coisas dentro da mala, mas mesmo assim fico afim de marcar bem o olho. A cor da sombra pode mudar, fica lindo se usar vinho, roxo, azul ou o próprio preto, mas escolhi o verde pro tutorial.

Iai, gostaram?

Não tenho nenhuma vontade de ter filho homem, meu sonho é ter uma menina e entupir a coitadinha de amarelo, lilás, verde água e lacinhos, muitos deles.

Mas eu juro que mudo meus planos se tiver filhos assim. Ju-ro.

Do blog novo da Constance Zahan, Babies &Kids.

Desde que os primeiros rumores de que Tim Burton colocaria suas idéias sombrias sobre a história de Alice in Wonderland que o mundo todo aguardou ansiosamente por toda essa maluquice.

A Ellus não ficou por fora dessa onda e lançou uma limitada coleção de camisetas, tanto masculinas quando femininas, inspiradas nesse universo de Alice. A linha é licenciada pela Disney, que detém os direitos sobre a história e poderemos encontrar o Chapeleiro Maluco, o Gato Risonho e Alice em versão bem freak.

Fora isso, duas concept stores da marca, nos shoppings Cidade Jardim e Iguatemi, terão uma programação visual todinha inspirada no filme. Biscoitinhos “Eat Me” e suquinhos “Drink Me” é que não podem faltar!

A beeeecha é um fervo intenso quando se trata de visual, e até hoje eu não sei como não fizeram vitrines inspiradas em Lady Gaga.

Poizé, agora fizeram!

A Bershka de Londres, na Oxford Street, reproduziu todos os looks usados no clipe bapho Telephone, inclusive os de Beyoncé. Eu aaaaamei Gaga versão manequim! Muito incrível!

So real!

Vi no blog da Farm.

Coleguinhas, sorry pela falta de posts… É muita coisa pra uma cabeça só pensar, mas logo menos rolam novidades por aqui! Keep watching!

Tava sapenado o Glamour Paraguaio e vi o post mais perfeito do mundo pra “quebrar as perna” daquela sua amiga prepotente e metida que vive pronunciando o nome das grifes lá de fora errado. São tipo videozinhos com o jeito certo de falar Balmain, Comme des Garçons, Yves Saint Laurent…

O post é esse aqui.

Eu choro de lembrar de uma gerente que dava treinamento no meu antigo trabalho escravo e falava Christian Lambotã. Dai os coitadinhos dos funcionários iam lá, na tentativa de vender um sapato e diziam que era inspirado no tal do Lambotã e os clientes tipos rolavam no chão de rir da pronúncia deles. Por isso, minha amiga telespectadora, se você sabe que uma coisa tá certa e que seu superior, mesmo tendo o rei na barriga, tá errado, CORRIJA!

Amei a estética do clipe novo de Norah Jones. Chasing Pirates tem todo esse mundo dos piratas antigos sem ser caricato, usa esses elementos sem ficar com cara de fantasia, sabe?

O brinco de dente, a botinha, o colete, a bota curtinha do começo do filme, tudo uma fofura, aliado ao cabelo modernérrimo que Norah exibe por aí (aleluia, ninguém aguentava aquela Madalena arrependida!)

A maior lição disso tudo é realmente se inspirar num universo para dar um perfume ao look, não fincar os dois pés numa coisa só porque gosta da estética daquilo. Eu amo tachas, tudo que é rocker, mas não adianta, sou fresca demais pra encarar a Isabeli Fontana todo dia!

Ficaadica pra pensar: perfumes de estilo no nosso guarda roupa ou fantasias pra uma personalidade não formada?